Fantasmas

Planejar passeios mirabolantes para o fim de semana, mas preferir dormir até tarde. Fazer guerrinha de água num apartamento com chão de taco (e ter que limpar tudo depois). Abraçar bem forte para sentir as batidas do coração um do outro. Brincar de corrida de cavalinho em plena Avenida Paulista. Falar bobagem na madrugada, enquanto você fingia ouvir, mas na verdade já estava dormindo. Fingir brigas feias em público só para observar a reação das pessoas. Transar em lugares totalmente inapropriados, ter medo, mas não parar. Fazer cafuné no cabelo mais macio que a minha mão já sentiu (mesmo sendo lavado com sabonete). Dançar esquisito nas baladinhas hipster e fazer todo mundo passar vergonha. Usar abraços e beijos como disfarce para suas fotos de desconhecidos na rua. Chorar juntos.

Ainda lembro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s